Favicon Bio Bem Estar | biobemestar.com.br

Especialidades

Remoção segura de amálgama

Os amálgamas são restaurações prateadas muito antigas, onde são utilizadas ligas metálicas contendo mercúrio, um metal extremamente tóxico ao organismo. Atualmente, inúmeros trabalhos científicos demonstram que o mercúrio evapora em micro doses durante muitos anos, colaborando com uma sub-intoxicação do organismo.

Dente com amalgama | biobemestar.com.br

O Mercúrio dentário é um fator altamente reativo nos tecidos humanos. Ele tem o potencial de comprometer a vida do paciente e do dentista, bem como o nosso ecossistema ( já que, no Brasil , a quantidade de amálgama dental que vai para o sistema de esgoto ainda é enorme!).Por exemplo, durante a restauração do amálgama, o paciente deve usar uma máscara de oxigênio ou inalará rapidamente o mercúrio elementar (Hg0 ) , que passará pela barreira hematoliquórica e obstruirá as vias metabólicas e cerebrais .

Dente com amalgama | biobemestar.com.br

A literatura relaciona principalmente a toxicidade do mercúrio às seguintes doenças: esclerose múltipla , esclerose amiotrófica lateral , mal de Alzheimer, defeitos congênitos , diabetes, mal de parkinson , artrite, câncer de mama, lúpus, tireoidite de hashimoto, leucemia, convulsões, prostatite e assim por diante. Sabemos que esse elemento e suas outras formas ( como a moeda divalente /inorgânica , por exemplo) podem reduzir significativamente nossas vias metabólicas e ser um importante contribuinte para o aparecimento de doenças .